Interrupção Voluntária da Gravidez: os números

Deixo aqui umas pequenas notas sobre os números relativos ao sensível tema da Interrupção Voluntária da Gravidez.

Será que foi para isto que mudamos a legislação?
Passámos daquilo que apelidavam de "penalização pela interrupção voluntária da gravidez" para "um uso intensivo como meio contraceptivo, pago por todos os contribuintes".

"Em 2011 foram realizadas em Portugal 20.290 interrupções de gravidez, mais 0,8% do que em 2010 por todos os motivos e mais 1,2% por opção da mulher até às 10 semanas."

“Assim, os grupos correspondentes à categoria ‘Desempregadas’, com 19,4% do total dos registos, assim como à categoria ‘Agricultoras, Operárias, Artífices e outras Trabalhadoras Qualificadas’, com 19,0%, registaram um aumento em relação aos anos anteriores."

"Sobre os casos de repetições de IVG, os números continuam a aumentar ainda que ligeiramente, com mais 98 casos a somar ao ano anterior. Entre as interrupções realizadas durante 2011, 464 (2,3%) ocorreram em mulheres que já tinham realizado uma IVG nesse ano"

"Do total de mulheres que optaram por fazer um aborto em 2011, 5130 já o tinham feito uma vez e, destas, oito mulheres fizeram mais de dez intervenções (o dobro do registado em 2010, com apenas quatro mulheres nesta situação)."

 Dá que pensar..

Sem comentários:

Enviar um comentário