Aviso do FMI aos estarolas de São Bento

Esta semana ficámos a saber publicamente - uma vez mais - que o FMI está preocupado com a atual situação económica portuguesa, ao ponto de fazer um aviso sério aos estarolas do PSD e CDS-PP que estão acampados em São Bento e que (des)governam o nosso país.


Estes (des)governantes irresponsáveis estão a levar o país a uma contração sem precedentes na economia, empobrecendo os portugueses, aumentando colossalmente os impostos, o desemprego e a provocar uma recessão muito acima do esperado pela TROIKA, o que coloca em causa o seu principal objetivo, a redução do défice.

Alguém que pergunte ao Pedro Passos Coelho - que tanto se vangloriou com a dita austeridade além da TROIKA - se por acaso não tem conhecimento que reduzindo o défice a todo o custo sem respeitar o memorando, poderá enfraquecer ainda mais a atividade económica e aumentar os receios dos mercados (já todos sabemos os seus resultados).

É necessário uma mudança alternativa e credível, senão estes incompetentes irão continuar a destruir o trabalho e dedicação diária de todos os portugueses.

As pessoas não são números.

Sem comentários:

Enviar um comentário