Cá se fazem, cá se consomem II






Ora viva!

de volta ao mesmo tema, parte II...

Portugal está mal.. Portugal está mal há muitos anos,. Culpados? Governos, empresas, povo... esta crise vai fazer baixar o nível de vida de todos, ouvimos regularmente aos "paineleiros" do costume... Confesso estar já cansado, muito cansado, de tanta tragédia e tanto discurso sobre a tragédia! Perante as dificuldades vamos entrar em pânico, vamos lamentarmo-nos o tempo todo ou vamos "pegar o toiro pelos cornos"? Pela minha parte já estou aos berros alucinados para o toiro, a enfrentá-lo de frente, com a maior das convicções que vamos vencer esta batalha. Acabei de chegar de uma missão empresarial à Republica Checa, onde com mais 3 empresas portuguesas, procurei encontrar empresas que também elas vejam nos produtos portugueses qualidade e excelência, porque a há e muita. Quem diz o contrário é ignorante e não conhece o país em que vive!

Temos contra nós um governo economicamente louco e uma situação europeia muito periclitante, que de um momento para o outro tanto pode resolver os problemas como desfazer irremediavelmente o que foi construído nas ultimas décadas.

Mas vamos a isso! Vamos à luta! Nenhuma batalha se ganha sem sangue, suor e lágrimas, e vamos tê-las! Mas somos nós, enquanto povo,enquanto nação multisecular, que temos que as travar! Os Passos Coelhos e os Gaspares que se lixem, aos Passos Coelhos e aos Gaspares desejo apenas saúdinha, e se possível bom senso para não estragarem ainda mais aquele que vai ser o nosso esforço!

Como travar esta batalha? se multiplicarmos por milhões pequenas mudanças de hábitos que cada um de nós deve tomar, os efeitos poderão ser brutais!

Exportar mais e importar menos são as palavras de ordem do momento! Consumam produtos nacionais! Procurem produtos produzidos em Portugal. Perguntem nas lojas a origem dos produtos. Sejamos todos consumidores conscientes de que consumir português é um dos caminhos para sairmos mais rapidamente da crise! Simples: se o vizinho tiver mais "income", gasta mais, paga mais imposto, e vamos ter esse mesmo dinheiro de volta passado uns tempos, em vez de simplesmente acabar nas mãos de um qualquer chinês...

E mais uma vez apelo a que se consuma também o que é produzido na Beira Interior. Deixo aqui alguns exemplos de diferentes consumíveis produzidos aqui na região e serviços (turismo e cultura) de que podemos usufruir sem ir muito longe ( é favor usar as fracas alternativas às scuts, que os senhores deputados do PSD, PS e CDS se encarregaram de tornar portajadas...)!

  • Facas: mas quem é que não precisa de facas na cozinha? estas são produzidas numa aldeia chamada Verdugal, entre a Guarda e Pinhel. Para além do aspecto vintage, que é a moda do momento, são óptimas, duram, e duram, e duram.. encontram-se com muita facilidade!A empresa que as produz é também ela uma empresa exportadora! http://www.cutelariaepires.com/

  • Para quem está numa de produtos gourmet porque não comprar estes, feitos em Manteigas, com aquilo que a Serra da Estrela dá? Vejam as imagens e fiquem de água na boca! http://www.saberesefazeresdavila.pt/

  • E se estiverem a precisar de um fato Hugo Boss, porque não passar nas lojas Marco Prini, na Covilhã e Fundão? a Fábrica Confecções Lança, na Covilhã, produz fatos para as melhores marcas internacionais, e tem lojas próprias, as ditas Marco Prini, com preços muitooo acessiveis, se comparados com os fatos que levam a etiqueta Boss, ou Guess... http://www.confeccoeslanca.com/index.asp?idedicao=51&idSeccao=613&Action=seccao

  • E agora que o Inverno está a chegar e não faltam uns feriados para gozar, que tal aproveitar para dar um salto à Serra da Estrela, mas fugir do turismo de massas? Casa das Penhas Douradas: http://www.casadaspenhasdouradas.pt/. Spa com a neve do lado de lá da janela... what a dream :)

  • Teatros, musica, dança: se há coisa que na Beira Alta que não falta (ao contrário daquilo que tantos e tantos ignorantes que acham que de Albergaria para cá é só serra e pedras, dizem...) é uma excelente oferta cultural . Teatro Viriato, em Viseu, e Teatro Municipal da Guarda são dois pólos culturais fabulosos, que não podemos deixar de aproveitar e explorar ao máximo! vejam os sites: http://www.teatroviriato.com http://www.tmg.com.pt/

  • Estão numa de oferecer uma daquelas "box" com uns vouchers para hotéis, ou com actividades radicais? Querem fazer um workshop sobre vinhos?umas massagens? SmartBox? A Vida é Bela? ok, são giras e tal... mas e que tal Heart Beat Experiences, da Guarda? Com conhecimento de causa, posso desde já aferir da excelência do serviço! Visitem a página e usufruam! http://www1.heartbeat.pt/

Por hoje já chega, a parte III virá daqui a 15 dias :)! (um dia destes faço publicidade aos produtos que tenho a responsabilidade de exportar.. não se importam de um bocado de publicidade em causa própria pois não?)

É possível que nos tornemos melhores consumidores, e com isto não significa que nos vamos tornar uma economia fechada ao exterior!Devemos fazer como tantos povos europeus fazem: ao mesmo tempo que exportam, fazem questão de consumir, sempre que possível, produtos fabricados no próprio país. A nossa balança comercial é muitissimo desiquilibrada! Só nós podemos melhorar isso!

Vamos exportar mais, porque temos qualidade, saber, experiência! E vamos importar menos pelas mesmas razões!

VAMOS LÁ ATACAR A CRISE!! E VENCER!

abraços e beijinhos

Sem comentários:

Enviar um comentário