Debtocracy

Debtocracy , excelente documentário sobre a crise grega , foi transmitido na SIC Notícias, ontem, às 23 horas  e permitiu-nos  conhecer uma abordagem diferente  daquela que tem vindo a ser difundida por vários órgãos de comunicação.

O documentário utiliza os exemplos do Equador e da Argentina para suportar o argumento segundo o qual o relatório de uma comissão de auditoria pode ser utilizado como instrumento de negociação, para eliminar uma parte da dívida e do congelamento dos salários e pensões de reforma.

"Tentámos pegar em exemplos de países como a Argentina e o Equador, que disseram não ao FMI e aos credores estrangeiros que, ainda que parcialmente, puseram de joelhos os cidadãos. Para tal, falámos com as pessoas que realizaram uma auditoria no Equador e provaram que uma grande parte da dívida era ilegal", acrescenta Katerina Kitidi.


Sem comentários:

Enviar um comentário