Fotografia ou encenação da semana?


Deitado na rua, aparentemente alheio ao caos à sua volta, um jovem casal troca um beijo apaixonado enquanto a polícia intervem para dispersar os fãs dos Vancouver Canucks que transformaram a final do campeonato norte-americano de hóquei no gelo numa batalha campal.

Partilhada por milhares de pessoas no mundo inteiro a imagem remete para um amor alheio à violência e que se revela no meio da anarquia. No entanto, nem o fotojornalista que 'sacou' a foto sabe que momento foi aquele que a sua câmara captou.

Enquanto era empurrado pela polícia de intervenção, Richard Lam detectou o casal deitado no chão. Conta que: «Ali estavam duas pessoas isoladas e deitadas no chão. Pensei que estivessem feridas (...) e consegui tirar algumas fotos» antes que o momento se perdesse.

No entanto, nem Lam tem a certeza do que na realidade aconteceu. O fotógrafo diz que continua «a olhar para a imagem sem saber o que pensar», não encontra resposta para a dúvida: estão ali dois namorados apaixonados ou duas pessoas caídas e magoadas?

A imagem correu mundo, fez notícia e com a divulgação começaram a surgir testemunhos pouco românticos acerca do sucedido.

O The Guardian cita uma testemunha que estava presente no local e que afirma que o casal foi agredido por dois polícias. «A rapariga aterrou de cabeça no chão e o namorado caiu ao seu lado», como ela estava com dores visíveis e chorava», este ter-se-á debruçado sobre ela para a ajudar.

Vancouver viveu na quarta-feira uma noite de «guerra civil» quando, uma hora depois do final do jogo Boston Bruins - Vancouver Canucks, os adeptos exaltados atiraram lixo e garrafas à polícia de intervenção. De acordo com testemunhas presentes no local, seria a partir dai que as coisas perderiam o controle - carros incendiados, duas viaturas da polícia reduzidas a lixo, janelas esmagadas e lojas assaltadas

Notícia retirada do Sol

Sem comentários:

Enviar um comentário