Pelo distrito de Viseu, votarei PS!


O recente chumbo do PEC IV por parte de todos os partidos da oposição levou à demissão do primeiro-ministro. Cavaco Silva, em rara aparição, dissolveu o Parlamento e convocou eleições legislativas antecipadas para o próximo dia 5 de Junho. Os portugueses serão novamente chamados a exercer o direito de voto.
 
No acto eleitoral que se aproxima serão eleitos 230 deputados distribuídos por 22 círculos eleitorais. Serão estes representantes para a Assembleia da República que cada um de nós irá eleger directamente, dependendo do distrito de recenseamento.

 
Sendo assim, eu não votarei em José Sócrates! Tal situação só poderia acontecer se estivesse recenseado em Castelo Branco, onde o actual primeiro-ministro encabeça a lista de deputados pelo PS. Votarei sim em José Junqueiro, Elza Pais, Acácio Pinto, Miguel Ginestal e restante equipa! Todos eles do distrito de Viseu, com provas dadas, defensores de causas e conhecedores das preocupações reais da população. Assentes numa política de proximidade, disseram “presente” a iniciativas nas mais diversas áreas e com intervenções relevantes, iniciaram novos projectos e ergueram obras em benefício dos habitantes do nosso distrito. Todo o trabalho protagonizado é visível no terreno e possível de ser acompanhado nas redes sociais onde os próprios fazem questão de o disponibilizar abertamente. Quem tiver dúvidas, sugiro que observe este ano e meio de mandato, resumido aqui.

Mas nem todos podem ser elogiados da mesma forma. No caso concreto de Penedono, não vi nenhum deputado do PSD preocupado em resolver o problema do transporte de doentes do concelho novamente para Viseu, ao invés de Vila Real. Já o Partido Socialista, na voz de Acácio Pinto e Paulo Barradas, prontamente se disponibilizam e deslocaram ao local para se inteirarem de uma solução.

Um deputado é eleito para estar ao dispor da população, servindo-a. Este tem sido o lema do Partido Socialista no distrito de Viseu. O trabalho até agora realizado é merecedor do meu voto de confiança! Estou certo de que, na próxima legislatura, os interesses do nosso distrito e de todos nós continuarão a ser defendidos com a mesma garra e determinação!

Sem comentários:

Enviar um comentário