Afinal, o dia dos enganos é a 1(1) de Abril… Categoricamente, sim!

Os portugueses ficaram a saber que o PSD, sim, o tal partido da política da (in)verdade é ágil e hábil nesta matéria. Se alguém duvidava, ontem, confirmou-se.

A grande surpresa das “Presidenciais 2011” rapidamente (2 meses) passou a desilusão. Fernando Nobre, pessoa que aprecio imenso enquanto cidadão e profissional, não lhe endereço o mesmo respeito a nível político, porque já foi monárquico, "soarista", activista e agora até vai para o PSD neoliberal! Politicamente, de nobre tão nem nada.

Em Fevereiro na RTP garantia a todos os portugueses:

Judite de Sousa — Fernando, se o convidarem para integrar as listas de deputados numas próximas eleições legislativas, aceitará?

Fernando Nobre — Não, categoricamente, não.”

(Em baixo o vídeo...)

Portanto, mentiu descaradamente e com isso, a sua honra e credibilidade estão feridas de morte ao mais recente cabeça de lista do PSD pelo Distrito de Lisboa. As vozes altivas do partido da “setinha laranja em ziguezague” começaram já a criticar, Marcelo Rebelo de Sousa, Morais Sarmento, António Capucho e Marques Mendes, dizem que Nobre não tem competência para o lugar de Presidente da Assembleia da República, visto que, não tem qualquer experiência política e o partido pode perder votos com esta escolha descabida. – concordo.

Passos Coelho vive dias agitados, a sua inexperiência política está a trazer graves consequências ao PSD. As sondagens começam a preocupar. Cada dia que passa, as intenções de voto diminuem e o PS começa a recuperar. Para quem esteve a cerca de 20%, a 10%, actualmente a pouco mais de 5% e Sócrates ainda não fez um frente a frente com Passos Coelho! Já se sente o nervoso miudinho do PSD e ontem, o seu líder mentiu também aos portugueses, ao confirmar em entrevista à TVI, que tinha ido a São Bento falar com Sócrates antes da apresentação do PEC IV.

Portanto, vamos aguardar pelas cenas empolgantes dos próximos episódios da série: “Os meninos da São Caetano à Lapa dão ‘Passos’ para o abismo”!

PS: Frágil - Abrir com cuidado… para não esvaziar ainda mais.

António Capucho recusa inclusão nas listas do PSD

Morais Sarmento: "Nobre não tem perfil para presidir ao Parlamento".

Marques Mendes recusa convite de Passos Coelho

Manuela Ferreira Leite rejeita ser candidata do PSD em Lisboa

Marcelo Rebelo de Sousa: "Candidatura de Nobre é um risco."



Partilhar

1 comentário:

  1. Por uma questão de coerência, Manuela Ferreira Leite não poderia aceitar avançar numa lista pelo PSD com a liderança de PPC!
    E Nobre + PSD = PS + Bloco (Alegre)..
    Nobre perde a credibilidade que tinha ganho quando avançou sozinho numa luta pela Presidência. Agora rendido, arranjou patrocínio para assento na Assembleia mesmo contra a vontade da maioria dos seus 600 mil apoiantes..

    ResponderEliminar