SERÁ ESTE O PARAÍSO PROMETIDO?


Não acham que o Jardim das Delícias, do afamado Bosch (é muito comum gente que se quer fazer entendida em artes citar este camarada. Eu confesso, não percebo patavina de artes, mas no Liceu a minha querida professora de História Luísa Cruz tinha o dom de nos fazer gostar de tudo o que fosse História, inclusive da arte, e desde então que este Jardim faz parte das 3 obras de arte que sei citar de cor), poderia ser uma dramatização da vida pública portuguesa?

A vida política portuguesa hoje não merece da minha parte mais do que a partilha desta fabulosa representação. Será este o Paraíso que a oposição nos promete depois do que fez ontem? Não será bem igual (a parte das meninas de seios ao léu não acredito que os sempre conservadores do CDS – tem dias, às vezes saem do armário e é a loucura descontrolada - e a ala “sexo é para procriar”do PSD o permitam, embora eu o apreciasse), mas longe não andará.

Um abraço e rezai portugueses!

PS: Estou um pouco confuso: há um mês e picos fui convidado para dar o meu contributo para o Clube Novos Horizontes. Agora vai haver umas conferências chamadas de Novos Desafios. Xiça penico que a imaginação em Viseu anda pelas ruas da amargura! Não há fome que não dê em fartura aqui nas nossas bandas! :)

Sem comentários:

Enviar um comentário